ENSINO
Slider

A FACULDADE CANÇÃO NOVA tem como visão ser uma instituição universitária voltada para a formação de profissionais comprometidos com o desenvolvimento humano e social. Oferecer modelo educativo com ênfase na aprendizagem ativa, centrado no estudante, fundamentado em valores, com espírito criativo, solidário e com forte responsabilidade social.

  • Ensino

    Dentro desta visão o processo educacional se organiza para levar os alunos a aprender a conhecer, aprender a pensar, a aprender a aprender, a aprender a fazer, a aprender a conviver e aprender a ser. Tem como objetivo formar profissionais preparados para viver em um mundo marcado por mudanças rápidas e agir com autonomia, de forma ética e responsável consigo mesmo, com a sociedade e com a natureza; capaz e disposto a atuar de forma solidária na promoção da dignidade humana e no desenvolvimento sustentável.

    O processo ensino-aprendizagem busca desenvolver o espírito crítico, criativo, intuitivo, para dotar os formandos de capacidades em buscar e compreender diferentes alternativas e caminhos para solução de problemas.

    Para tanto, procurará desenvolver ambiente favorável à convivência harmoniosa e enriquecedora entre seus membros de forma a proporcionar o auto-conhecimento e o reconhecimento do outro. Caminhará em direção à interdisciplinaridade e transdisciplinaridade. Isto requer, em termos didáticos, estimular processos de ensino-aprendizagem integrativos, participativos e colaborativos, tanto em atividades presenciais, como à distância. Os métodos e técnicas de ensino devem proporcionar a comunicação e o reconhecimento da interdependência de processos individuais e coletivos, capazes de favorecer a aquisição do conhecimento e despertar maior consciência espiritual, solidária e fraterna.

    A Instituição procura inovar no campo educacional ao aplicar práticas pedagógicas que se preocupam com o desenvolvimento da capacidade reflexiva e interpretativa, com o saber fazer e especialmente com práticas que fortaleçam a capacidade profissional e diversificam os métodos de ensino.

    A FACULDADE CANÇÃO NOVA adota a Pedagogia de Projetos como prática pedagógica inovadora; uma forma de provocar a interdisciplinaridade e de proporcionar o aprendizado dos alunos, priorizando a integração de conteúdos e de diferentes mídias.

    A Pedagogia de Projetos tem como ponto de partida a idéia de que a melhor maneira de a educação responder às demandas da atualidade é contribuir para a formação de sujeitos capazes de se conduzir com autonomia e responsabilidade numa sociedade complexa e em constante transformação. Nela, aprender exige participação, tomada de decisões, escolha de caminhos e de procedimentos para alcançar os objetivos pretendidos e resolver questões propostas. O aluno aprende fazendo, pesquisando, aplicando conceitos e desenvolvendo estratégia de aprendizagem. Envolve-se com o trabalho em equipe onde as interações se intensificam e se comprometem em termos de aprender e ensinar um com o outro.

    A utilização e a integração de diversas mídias são importantes para o desenvolvimento de projetos. A sua permanente utilização favorece a coleta de informações e a integração de conteúdos de diferentes áreas do conhecimento e a aquisição de novas competências necessárias para acompanhar os avanços científicos e tecnológicos da sociedade atual. Para tanto, serão desenvolvidas atividades não presenciais com o emprego de novas ferramentas proporcionadas pelo avanço das novas tecnologias de informação e de comunicação.

    Ensinar neste contexto é uma tarefa que implica em proporcionar experiências problematizadoras da ação. É fundamental a atuação do professor para que a apropriação de conhecimentos e experiências sejam de fato significativas para os alunos. Nesta situação de aprendizagem, o professor precisa observar e analisar o desenvolvimento do aluno para fazer a mediação pedagógica. Ele passa a ser o gestor, o orientador e o facilitador da aprendizagem dos alunos; um profissional preparado para compatibilizar o projeto dos alunos com os conteúdos curriculares e com a realidade da escola e da sociedade.

    A organização didática e a prática educativa se organizam para propiciar ao aluno o fomento da criatividade, da iniciativa, da autonomia e da liberdade de expressão, abrindo espaço para o trabalho em equipe, para a assimilação de hábitos e atitudes e habilidades que os preparem para relações profissionais e sociais e incorporem atributos e valores como o respeito pela vida, postura ética e responsabilidade social.

    O desenvolvimento de projetos permite entender os problemas de comunicação social sob diferentes visões, posturas, enfoques e metodologias. Possibilita a integração da teoria com a prática, integra o trabalho individual com o trabalho coletivo e resgata a dimensão do exercício profissional competente, ético e cidadão, dentro do pensamento social cristão católico.

    O emprego da metodologia de desenvolvimento de projetos visa a:

    • Alterar a dinâmica do curso e da sala de aula;
    • Favorecer o desenvolvimento da interdisciplinaridade e da transdisciplinaridade no processo educativo;
    • Valorizar as interações sociais, os processos de participação e colaboração e o comprometimento dos envolvidos no alcance dos resultados pretendidos;
    • Preparar o profissional da educação capaz de compatibilizar o projeto dos alunos com os conteúdos curriculares e com a realidade da Instituição e da sociedade: um professor gestor, orientador e facilitador da aprendizagem dos alunos.

    Possibilitar ao aluno:

    • Aprender fazendo, pesquisando, aplicando conceitos e desenvolvendo estratégia de aprendizagem individual e em equipe, onde as interações se intensificam e se comprometem mutuamente;
    • Utilizar os conteúdos das diferentes disciplinas, de forma integrada, para a solução de problemas desafiadores dos projetos;
    • Ter maior autonomia no processo de gerenciamento do seu aprendizado, com postura ética e responsável em relação aos integrantes dos projetos;
    • Desenvolver o espírito crítico, criativo, intuitivo, para buscar e compreender diferentes alternativas e caminhos para solução de problemas;
    • Desenvolver postura emancipadora;
    • Utilizar, de forma integrativa, as diferentes mídias;
    • Nos períodos previstos para o desenvolvimento de projetos haverá:

    Disciplina veículo denominada na matriz curricular dos Projetos de Curso. A ela caberá a efetiva elaboração e desenvolvimento dos projetos dos alunos divididos por equipe.
    As demais disciplinas do período servirão como disciplina suporte, ministrada segundo sua ementa e matriz do curso, com plena autonomia didática, voltadas para oferecer aos alunos embasamento teórico, conteúdos e estratégias para o desenvolvimento dos projetos.
    Os temas gerais para os projetos a serem desenvolvidos em cada período letivo serão discutidos pelo colegiado do curso, podendo ser atualizado e modificado, e servirão para orientar a formulação dos projetos dos alunos.

  • TCC

    O Trabalho de Conclusão de Curso é um componente curricular adotado pela Instituição como forma de incentivar a pesquisa como prolongamento da atividade do ensino e como instrumento para a iniciação científica.

    O Trabalho de Conclusão de Curso é requisito indispensável e obrigatório. Será desenvolvido e apresentado no último período do curso junto à disciplina de Trabalho de Conclusão do Curso (TCC). Ele poderá ser realizado das seguintes formas:

    • Projeto de pesquisa pessoal ou em equipe com apresentação de Relatório;
    • Apresentação de solução de problemas identificados na prática de estágio supervisionado;
    • Trabalho de Iniciação Científica, voltado para a realização de pesquisas vinculadas ao conteúdo de uma ou mais disciplinas do curso, com a obrigatoriedade de divulgar, até o último período do curso, em veículo especializado, pelo menos dois artigos/trabalhos sob a orientação de professor da disciplina TCC.

    Os critérios, procedimentos, diretrizes técnicas para sua elaboração e mecanismos de avaliação estarão previstas em Regulamento próprio aprovado pelo Conselho Superior.

    Regulamento TCC – Curso de Administração

    Regulamento Estágio Supervisionado e TCC – Curso de Filosofia

    Regulamento TCC – Curso de Jornalismo

    Regulamento TCC – Curso de Rádio e TV

  • Atividade Complementar

    As Atividades Complementares são componentes curriculares enriquecedores e implementadores do próprio perfil do formando. São adotadas pela Faculdade Canção Nova nos casos previstos nas Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de graduação. As Atividades Complementares:

    […] possibilitam o reconhecimento, por avaliação de habilidades, conhecimentos e competências do aluno, inclusive adquiridas fora do ambiente escolar, incluindo a prática de estudos e atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações de extensão junto à comunidade.[1]

    As Atividades Complementares são desenvolvidas como atividades obrigatórias de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de graduação, com carga horária permitida para cada curso oferecido. Compõem as respectivas matrizes curriculares, nos casos previstos, e são cumpridas ao longo dos cursos mediante grupos de atividades que são fomentadas pela Faculdade Canção Nova e por outras instituições. Por constituírem atividades e não uma disciplina, o resultado será sempre anotado como realizadas ou não realizadas. A condição não realizadanão impedirá a promoção do aluno, mas impedirá a conclusão do curso. Assim pensadas as Atividades Complementares permitem:

    a)    Ampliar os horizontes do conhecimento;

    b)    Proporcionar a inter e transdisciplinaridade das disciplinas do currículo;

    c)    Favorecer o relacionamento entre diferentes grupos;

    d)    Incentivar a criatividade e o empreendedorismo dos alunos;

    e)    Complementar e atualizar o currículo pessoal, diante da realidade dinâmica e mutável de nosso tempo.

    As Atividades Complementares favorecem a vivência com a comunicação participativa e cidadã e desenvolvem o conhecimento de maneira coletiva e horizontal em diferentes situações. Oferecem ao corpo discente oportunidades para se aprofundar e experimentar em uma área ou atividade de interesse pessoal e possibilidades para aliar a teoria à pratica, tanto na área do ensino, da pesquisa, bem como da extensão, além de possibilitar a aplicação dos conhecimentos, competências e habilidades em diferentes áreas e situações.

    A Faculdade Canção Nova oferece assistência e orientação para a sua plena realização. A organização, as formas de realização, os critérios para atribuição do número de horas por atividade e a sistemática de acompanhamento são detalhadas e previstas em Regulamento próprio, aprovado pelo Conselho Superior.


    Parecer CES/CNE No. 102 de 11 de Março de 2004, p. 6 e 7.

  • Regulamento A.C.
  • Aprovação e Dependência
  • Atividade de Extensão

    Busca-se manter a necessária articulação entre ensino e extensão, em diferentes níveis, produzindo e disseminando conhecimentos, desenvolvendo habilidades e competências para a formação humana e profissional dos seus alunos comprometidos com a melhoria da sociedade, a defesa da vida e a construção de uma sociedade democrática e pluralista.

    Com as atividades de extensão a Instituição assume o compromisso com a sociedade onde se insere. Adota projeto político que busca construir uma prática extensiva, na perspectiva de um processo educativo, articulador da IES com a sociedade.

    A extensão universitária torna-se a dimensão mediadora da Instituição, como centro de produção do conhecimento e à sociedade, por meio da socialização do conhecimento. Desta forma, está contribuindo para a formação de cidadão e homens novos, dentro e fora de seus muros.

    As práticas de extensão assumem as formas de:

    1. Promoção de cursos, seminários, encontros e conferências;
    2. Prestação de serviços pela IES;
    3. Oportunidades para a educação continuada com projetos de capacitação permanente para seus alunos e diferentes grupos sociais;
    4. Parcerias com segmentos da sociedade que favoreçam as transformações sociais e a criação de um mundo novo;
    5. Pastoral universitária visando à animação da comunidade universitária e à expressão de sua identidade católica.

    Regulamento Atividades de Extensão

  • Laboratórios

    Laboratórios de Som e Imagem

    A Faculdade Canção Nova conta com estúdios que atendem as diversas necessidades de ensino/aprendizagem da área de Comunicação Social. São estúdios profissionais com equipamentos que atendem a nova era da comunicação, baseada na convergência digital.

    São 2 laboratórios de SOM, sendo um localizado em sala de aula com capacidade para 50 alunos, para que o estudante  possa ter a prática como forma presente e eficaz de desenvolver suas aptidões e aplicar as teorias e técnicas de gravação, locução e edição. O segundo estúdio fica em uma emissora de rádio nas dependências da Fundação João Paulo II, no qual o estudante poderá sentir-se mais próximo da realidade profissional que o espera.

    Laboratório de IMAGEM equipado profissionalmente de forma a oferecer um ensino de qualidade.  Equipamento para gravações externas.  A FCN  conta ainda com 2 ilhas de edição, sendo: uma Final Cut Pro para edição de todo o tipo de programa, comerciais, clipes, etc. E a outra mais voltada para edição em telejornalismo com PC News Edit. Tudo para atender plenamente aos cursos de Rádio/TV e Jornalismo.

    Horário de funcionamento:

    Segunda a sexta-feira das 17:30 às 22:00 horas

    Laboratório de Informática

    O novo Laboratório de Informática possui 63m2 (sessenta e três metros quadrados) que foi construído para operacionalização no primeiro semestre letivo de 2013. A utilização deste espaço é compartilhada com os discentes dos cursos noturnos: Administração, Jornalismo e Rádio e TV e o curso diurno de Filosofia. O Laboratório de Informática conta com 28 (vinte e oito) computadores de última geração, satisfazendo plenamente as necessidades do corpo discente. Os computadores contam com sistema operacional Windows, mouse, teclado, caixas de som, estabilizador de energia, programas para elaboração e edição de texto, planilhas eletrônicas, edição de vídeo, áudio e fotografia, editoração gráfica, projetos gráficos e de web e acesso à internet de alta velocidade (banda larga via cabo) através de navegadores web, para proporcionar ao estudante o contato permanente e direto com os meios que serão utilizados profissionalmente, desta forma o aluno terá a oportunidade de apreender os conceitos e a prática de edição e montagem de um produto jornalístico ou artístico, quer impresso, televisivo ou radiofônico.

    O ambiente é plenamente climatizado através da utilização de 02 (dois) aparelhos de ar-condicionado de grande porte. O Laboratório de Informática possui equipamentos e instalação física em perfeitas condições de uso e plena conservação, comodidade, acesso e capacidade para fluência do aprendizado e da docência. Os alunos contam com acesso à rede wi-fi em todas as salas de aula e também na Biblioteca. Os recursos disponibilizados neste espaço estão discriminados a seguir:

    Recursos Tecnológicos do Laboratório de Informática

    Equipamento Quantidade

    Ar condicionado 02 (dois)

    Cadeiras macias 30 (trinta)

    Computadores com monitor LCD 28 (vinte e oito)

    Mesas para computador 30 (trinta)

    Mesa para professor 01 (uma)

    Quadro branco 01 (um)

    Horário de Funcionamento:

    Segunda a sexta-feira das 8:00 às 12:00 horas e das 14:00 às 22:00 horas.

    Infra-estrutura de Informática

    Os alunos da instituição contam com o acesso à redes wi-fi em todas as salas de aula e também na biblioteca.

    O acesso aos laboratórios pelos estudantes segue regulamento próprio de cada modalidade que pode ser encontrado no www.fcn.edu.br ou com o responsável do Laboratório.

    Regulamento Laboratórios Didáticos Especializados Curso de Jornalismo

    Regulamento Laboratórios Didáticos Especializados Curso de Rádio e TV

  • Estágios

    1. O Núcleo de Estágios

    O Núcleo de Estágios está a disposição do aluno para auxiliá-lo em sua experiência como estagiário, oferecendo informações e orientações com base na Nova Lei de Estágio (nº11.788 de 25 de setembro de 2008).

    A Nova Lei define estágio como o ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo do estudante. O estágio integra o itinerário formativo do educando e faz parte do projeto pedagógico do curso.

    Há duas modalidades de estágio:

    Estágio Curricular Supervisionado (OBRIGATÓRIO): tem como objetivo buscar a integração entre teoria e prática, trata-se de um pré requisito para aprovação e obtenção do diploma. Constitui atividade obrigatória do curso, com carga mínima prevista em lei para cada curso oferecido a ser cumprida integralmente por meio de prática profissional em instituições legalmente constituídas.Na faculdade Canção Nova, os alunos que cursam Rádio e Tv e Filosofia podem realizar o estágio obrigatório a partir do 3º período. Já os alunos dos cursos de Administração e Jornalismo poderão realizar o estágio obrigatório a partir do 5º período.

    Estágio Extra Curricular Supervisionado (NÃO OBRIGATÓRIO): é uma atividade opcional, acrescida à carga horária regular e obrigatória Nesta modalidade, o aluno da Faculdade Canção Nova poderá realizar esse tipo de estágio a partir do 1º período. Nas duas modalidades os alunos são devidamente orientados na FCN pelo professor orientador de cada curso, apresentará relatórios periodicamente e será avaliado por seu desempenho. As atividades do estágio, desenvolvidas pelos alunos devem oferecer treinamento em práticas profissionais, em condições reais de trabalho e sem vínculo empregatício. As atividades de estágio deverão proporcionar a integração do estudante ao mercado de trabalho, a capacitação profissional, o desenvolvimento de habilidades, atitudes e competências individuais.Na unidade concedente, o aluno também terá o acompanhamento de um profissional que será designado como seu Supervisor de estágio.

    A concepção, composição, formas de realização e avaliação estarão previstas em Regulamento próprio aprovado pelo Conselho Superior.

    Horário de Funcionamento do Núcleo de Estágios:

    Segunda-feira – das 11:40 às 13:40
    Quarta-feira –  das 15:45 às 22:00
    Quinta-feira – das 18:20 às 20:20

    Contato:

    E-mail: estagio@fcn.edu.br

    Telefone: (12) 3186-2254

    2. Documentos

    •   Cursos de Bacharelado (Administração, Jornalismo e Rádio e TV)

    – Regulamento de Estágio dos Cursos de Bacharelado

    Estágio Curricular e Extra Curricular

    – Ficha de Identificação de Estágio

    – Relatório Semestral de Atividades Aluno

    – Relatório Semestral Unidade Concedente

    – Termo de Realização de Estágio

    Aproveitamento de Prática Profissional

    – Ficha de Inscrição para Atividades de Prática Profissional

    – Termo de Vínculo de Prática Profissional

    – Declaração de Horas de Atividade Prática Profissional

    – Relatório de Atividades Aluno

    – Avaliação de Desempenho

    •  Curso de Licenciatura (Filosofia)

    – Regulamento de Estágio do Curso de Licenciatura

    Estágio Curricular

    – Formulário para abertura de vaga

    – Ficha de Controle de Atividades

    – Avaliação de Desempenho

    – Relatório Semestral

    – Tarefas do Estagiário

    – Termo de realização de estágio

    Confira vagas de estágio através do site do CIEE.

  • EAD

    A FACULDADE CANÇÃO NOVA busca ser uma instituição universitária de qualidade voltada para a formação de profissionais comprometidos com o desenvolvimento humano e social. Para atingir seus propósitos educacionais desenvolverá atividades não presenciais, incorporando atividades de aprendizagem à distância. Elas são desenvolvidas com base nas peculiaridades de sua organização, nas necessidades sócio-culturais de sua clientela e da sociedade na qual se insere.

    A educação à distância vem crescendo rapidamente em todo o mundo, incentivada e favorecida pelas oportunidades e possibilidades decorrentes da rápida evolução das novas tecnologias de informação e de comunicação (TIC’s). Ampliam-se as possibilidades de ensino, ampliando e democratizando o acesso ao conhecimento, pois, o desenvolvimento da EAD com a utilização de novos e inúmeros recursos tecnológicos reduz as distâncias e fronteiras, permitindo a difusão do processo de ensino-aprendizagem que se pode realizar independente das distâncias e fora do contexto de sala de aula tradicional.