A FACULDADE
Slider

“A Canção Nova não nasceu de um projeto humano, mas sim de uma iniciativa de Deus”.

Essas são as palavras de Monsenhor Jonas Abib, ao fundar a Comunidade Canção Nova. A Canção Nova nasceu do chamado que Dom Antonio Afonso de Miranda, Bispo da Diocese de Lorena, fez diante da palavra da Igreja, expressa no documento Evangellii Nuntiandi (Evangelização no mundo contemporâneo) do Papa Paulo VI, sobre a urgente necessidade de evangelizar no mundo de hoje, fazendo uso dos meios de Comunicação Social.

previous arrow
next arrow
Slider

Portanto, a Canção Nova nasceu na Igreja, da Evangelização e para Evangelização se utilizando dos meios de comunicação social.

Em vista dessa missão, em 1978, conduzido pelo fundador Mons. Jonas Abib, e pelos co-fundadores Wellington Silva Jardim e Luzia de Assis Ribeiro Santiago, deu-se início à Comunidade Canção Nova formada por homens e mulheres, jovens e adultos, solteiros, casados e celibatários, sacerdotes e diáconos. Todos consagrados vivendo em comunidade pela Evangelização.

Segundo Monsenhor Jonas Abib a Canção Nova é uma Comunidade criada por Deus para formação de “Homens Novos para o Mundo Novo”.

Background

Missão

A FACULDADE CANÇÃO NOVA é uma instituição de ensino superior privada que tem como missão oferecer educação de qualidade.

Também buscamos promover a formação integral da pessoa humana e sua capacitação para o exercício profissional voltados para a construção de uma nova sociedade.

Nos baseamos no exercício democrático da cidadania, na defesa da qualidade de vida e no desenvolvimento sustentável.

Valores

– Formação integral da pessoa humana voltada para participação e construção de uma nova sociedade;

– Seriedade nos estudos, nas pesquisas e nos projetos de extensão universitária e de responsabilidade social;

– Apropriação do conhecimento com sentido ético e social;

– Promoção da inclusão social oferecendo ensino de qualidade;

– Desenvolvimento do espírito de solidariedade, diálogo, respeito e de pluralidade;

– Defesa da vida e do desenvolvimento sustentável;

– Autonomia institucional com transparência e responsabilidade com a sociedade, especialmente com a relação à população de sua área de influência.

Histórico

A FUNDAÇÃO JOÃO PAULO II é uma entidade jurídica de direito privado, filantrópica, sem fins lucrativos, regida por estatutos e pelas leis em vigor, com sede à Rua João Paulo II, s/n°, Alto da Bela Vista, município de Cachoeira Paulista, SP, devidamente registrada no Cartório dos Registros Públicos desta Comarca, às folhas 24, do Livro n° A-2, sob n° 33 de ordem e Alteração às folhas 90v/92, conforme escritura lavrada em 09/05/96, tendo início a Inscrição do CGC, em 13/08/82, sob o n 50.016.039-001-75. Dentre os seus objetivos estatutários consta, no artigo 6, VI: “a promoção da educação escolar e profissional de crianças, adolescentes e adultos”, o qual busca atingir com qualidade e obedecendo toda a legislação brasileira em vigor.

A educação é objetivo inerente da Fundação João Paulo II, tendo em vista o perfil de seu instituidor, Monsenhor Jonas Abib, cuja trajetória é alicerçada pela Pedagogia Salesiana, mundialmente reconhecida na área do ensino através do Sistema Preventivo fundado por Dom Bosco.

Desde o início, Deus deu à Canção Nova a graça de experimentar algumas riquezas, como: o masculino e o feminino vividos juntos, todos se respeitam como irmãos e irmãs; homens e mulheres vivendo, trabalhando, estudando, realizando juntos o carisma e a Missão, numa sadia convivência; vivendo a castidade própria de cada estado de vida; a vida fraterna, onde cada um se dispõe a preferir o bem dos outros ao seu próprio, vivendo o amor fraterno nas circunstâncias do dia-a-dia, o que demanda os exercícios do perdão e da reconciliação são fundamentais; o viver da Providência, onde em cada situação confiamos que Deus proverá o necessário para a vida e a realização da Missão.

Anos depois, em 1982 criou-se a Fundação João Paulo II para gerir e manter os trabalhos desenvolvidos pela comunidade: Rádio, TV, DAVI (Departamento de áudio visuais), Internet, Eventos, Projetos Sociais e EDUCACIONAIS, no qual se insere o Instituto Canção Nova (Educação Infantil ao Ensino Médio e Técnico) e a Faculdade Canção Nova, no Ensino Superior.
Dentro da esfera educacional, na busca pela formação integral de “Homens Novos para o Mundo Novo”, a Fundação João Paulo II, partindo de um desejo de Monsenhor Jonas Abib, iniciou as atividades do Instituto Canção Nova, buscando o desenvolvimento integral, a formação ética e cidadã de seus alunos, preparando para a vida, sendo reflexo do amor de Deus no mundo e transformando o Seu amor em gestos e atitudes que contribuem para uma sociedade mais digna e serena.

Para o fundador, o Instituto Canção Nova são as cepas e os ramos, nos quais brotaram os cachos de uva, que representam a Faculdade Canção Nova.

Neste sentido, em 2007 a Fundação João Paulo II, diante de novos desafios e da percepção da necessidade de formar seus próprios colaboradores, de oferecer oportunidade de continuidade dos estudos aos alunos que saíam do Instituto Canção Nova, de contribuir com a abertura de mais vagas no Ensino Superior, diante da carência de vagas na realidade regional do Vale do Paraíba Paulista, vislumbrou a oportunidade de criar a sua própria Instituição de Ensino Superior dando início os procedimentos para abertura da Faculdade Canção Nova, que inaugura suas atividades em 01.08.2011, dando continuidade, no âmbito do Ensino Superior, ao método de ensino desenvolvido no Instituto Canção Nova, amparado no Sistema Preventivo de Dom Bosco.

Nas palavras do Monsenhor Jonas Abib, “a Faculdade Canção Nova deve ser realmente uma Canção Nova. Que ela realize a novidade entre as Faculdades, que é isso que o Senhor quer”.

Imbuída dessa perspectiva inovadora a Faculdade Canção inicia suas atividades com os cursos de Administração, Jornalismo, Rádio e TV, Filosofia e Teologia, além dos cursos de Pós-Graduação em Bioética, Gestão nos veículos de comunicação, Gestão Empresarial e Gestão de Pessoas, com metodologia baseada em projetos que desenvolvam a autonomia e o senso empreendedor de cada aluno, fazendo uso de laboratórios especializados e dos estúdios da Rádio e TV Canção Nova, vinculando os conceitos técnicos aos valores humanos, com base no exercício democrático da cidadania, na defesa da qualidade de vida e no desenvolvimento sustentável.

Possui excelência reconhecida pelo Mercado de Trabalho com alto índice de empregabilidade de seus alunos, em torno de 90%, bem como avaliada e reconhecida pelo Ministério da Educação, com conceito 4 (numa escalada de 0 a 5) em todos os seus cursos, tendo seus cursos avaliados com notas de 3 a 5 no ENADE.

A Faculdade Canção Nova, primando pela qualidade, tem a missão de promover a educação integral da pessoa humana, apoiando-se nos valores do Evangelho e na moral cristã católica, acolhendo com carinho seus milhares alunos, formando homens e mulheres novos, bem como profissionais novos preparados para fazer o mundo novo.

O Sistema Preventivo é uma dinâmica de criação e inovação pedagógica que expressam antes de tudo e principalmente, a valorização dos valores universais e dignidade humana numa perspectiva da moralidade católica. O Sistema Preventivo tem como um tripé o célebre trinômio:

Amorevolezza: termo dinâmico que dá a entender uma atitude de amor.
Razão: que nos remete ao diálogo persuasivo com o jovem, respeitando a sua unicidade e sua autonomia, acompanhando o seu crescimento e formação para a liberdade, a formação de seu discernimento e maturidade, de sua capacidade de solidariedade etc.
Religião: partindo do humanismo cristão católico, ilumina as realidades, discerne muitas outras e traz toda aplenitude da revelação para o compromisso com o homem e sua vocação de plenitude e transcendência.
Assim, com o lema de “formar homens novos para o mundo novo”, o instituidor visando a cumprir o artigo 6, III do estatuto da FJPII: “promoção, manutenção e apoio a atividades educacionais, sociais e culturais objetivando a preservação da formação cívica, moral e cultural do povo brasileiro” e diante das necessidades do município de Cachoeira Paulista e região, idealizou o Instituto Canção Nova, conforme Ata da Diretoria da Fundação João Paulo II de 01/03/2001 com a finalidade de promover ensino infantil e fundamental.

O Instituto Canção Nova é situado à Rua Carlos Pinto Filho, s/nº, Vila Cacarro, no município de Cachoeira Paulista. Foi autorizado a funcionar pela Portaria do Dirigente Regional de Ensino, nº 13/2001, publicada no Diário Oficial do Estado de 13/02/01.

Em 2005, houve a ampliação do Instituto Canção Nova, passando a atender cerca de aproximadamente 900 alunos, distribuídos nas seguintes etapas de ensino: Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio. A proposta é que a educação seja mais do que escrever e ler: é criar, inovar, inventar e reinventar características importantes para um futuro melhor, onde o ser humano tem prioridade. O intuito é uma formação humana cristã católica, para que os alunos tenham visão ampla e profunda do ser humano e de suas possibilidades de conhecimento e, sobretudo, ajudá-los e prepará-los para o mundo, que se apresenta cada vez mais desafiador.

Hoje o Instituto atende mais de 1.000 alunos, com o objetivo de oferecer com responsabilidade e eficácia uma educação diferenciada e de qualidade, desenvolvendo assim conteúdos pedagógicos com base na LDB (Lei de Diretrizes e Bases) e PCNs (Parâmetros Curriculares Nacionais), buscando uma valorização do ser humano como um todo.

Contudo, em 2007, a Fundação João Paulo II diante de novos desafios, percebendo a necessidade de formar seu próprio pessoal e de contribuir com a abertura de mais vagas no ensino superior e da carência sentida na realidade regional, vislumbrou a oportunidade de criar a sua Faculdade.

Ela é assim pensada para dar continuidade ao seu método educativo no âmbito do ensino superior e de formar ambiente acadêmico capaz de corresponder às novas realidades geradas pelas atividades da Mantenedora ligadas aos meios de comunicação social, principalmente no tocante à capacitação dos seus missionários e funcionários desta.

Ressalta-se que esta região do Vale do Paraíba na qual está situada a FJPII possui déficit considerável na área do ensino superior. Segundo dados do IBGE, enquanto no Estado de São Paulo a média é de uma vaga para 427 pessoas, no Vale do Paraíba Paulista, a média é de uma vaga disponível para 734 pessoas.

Assim, a FJPII iniciou estudos para a implantação da instituição de ensino superior focada no desenvolvimento social e humano, para oferecer ensino de qualidade em sua sede, em Cachoeira Paulista, com o oferecimento dos cursos: Administração, Comunicação Social – Radio e TV, Jornalismo, Teologia e Filosofia.